Caso de sucesso

Cabral & Sousa reduz cerca de 250 mil reais de devolução comercial utilizando analytics

Conheça o caso de sucesso do BI TARGIT com a Cabral & Sousa, que melhorou sua operação e aumentou seu faturamento utilizando o nosso software.

Sobre a empresa

Cabral & Sousa é uma das maiores redes de distribuição do Estado da Bahia, com mais de 40 anos de história e uma vasta operação cobrindo um mix de produtos de três mil itens dentre diversos segmentos, como alimentício, bebidas, artigos de papelaria, limpeza, higiene pessoal e até petshop.

Desafios

• Cada funcionário estava usando um tipo diferente de construção de relatório, adicionando complexidade a um processo já ineficiente.

• Por causa do processo demorado de construção de relatórios, os números da empresa refletiam apenas o passado.

• A empresa tinha dificuldade de enxergar falhas e possíveis melhorias na operação.

Como ajudamos

• Devido à rapidez e veracidade das análises, os funcionários agora têm tempo para participar de reuniões e revisões estratégicas – tempo antes dedicado à coleta de dados.

• Agora os colaboradores da Cabral & Sousa têm acesso a dados atualizados a qualquer hora, em qualquer lugar, entre diferentes departamentos.

• A Cabral consegue construir painéis precisos de monitoramento dos seus setores com o auxílio do BI e dos consultores especializados TARGIT.

Acesso aos dados a qualquer hora, em qualquer lugar

A Cabral & Sousa atua no setor de distribuição desde 1976, quando os proprietários perceberam a falta de atendimento em Conquista, no Estado da Bahia. Devido à distância entre as grandes cidades, o custo de aquisição de produtos e transporte era alto, gerando uma carência na região e igualmente uma oportunidade de negócio para a empresa.

Expertise no segmento de Distribuição

Para permanecer ágil e competitivo no negócio de distribuição é necessário equilibrar as demandas dos clientes e, ao mesmo tempo, controlar os custos em um setor em que as margens estreitas e a sobrecarga de estoque fazem parte da vida cotidiana.

Hudson Filipe, antigo desenvolvedor de BI da Cabral & Sousa, e hoje um dos integrantes do time de desenvolvimento TARGIT, nos diz quais foram os impactos da implementação da plataforma na organização, “A ferramenta capacitou a empresa a automatizar os relatórios ao criar processos definidos, reduzindo significativamente o tempo gasto na formatação de dados e possibilitou o compartilhamento de informações com todos os departamentos, logo todos têm mais tempo para pensar em estratégias de acordo com a análise de números.”

Antes de implementar o TARGIT a empresa já utilizava várias soluções de BI, os fatores decisivos para a escolha do TARGIT foram a integração especializada a vários bancos de dados e expertise no setor de distribuição. “O que encheu nossos olhos” – diz Israel Lisboa, Assessor de Gestão Estratégica na Cabral – “são os dados todos validados com o Winthor (ERP). A gente não tem nenhum dado que dê diferença para algum gestor poder questionar.”

Business Intelligence na prática

O BI é usado em vários departamentos da Cabral & Sousa, incluindo Administração, Finanças, Logística e Compras, mas o departamento comercial, sem dúvidas, é o que mais se beneficia da solução, se nutrindo de mais 300 tipos de análises do TARGIT.

“Quando a gente implantou a primeira leva do BI e visualizou, estava lá um valor total de 350 mil de devolução naquele mês. Hoje a gente abre o BI e a devolução comercial caiu para 100 mil, 250 mil reais de redução só porque a gente começou a medir isso na reunião comercial.”

– Israel Lisboa, Assessor de Gestão Estratégica na Cabral & Sousa.

Crescimento em meio à crise…

Segundo Israel Lisboa, essa devolução era, naturalmente, faturada pela logística, repassada para o comercial e depois descontada dos RCAs, sem ser um processo explícito, tornando difícil diagnosticar o problema e construir resoluções com os responsáveis. “A principal chave do investimento é poder ter visivelmente esses indicadores todos os dias e poder cobrar o resultado. Essa visualização tanto do CEO quanto do gestor é o que vem trazendo resultados.” – diz Israel.

“Logo depois que a gente contratou consultoria e pudemos consultar no painel vendedor a vendedor o desempenho, começamos a desenhar uma cobrança semanal em cima dos vendedores que estavam fora da meta, fora da performance, e é o que tem feito a gente superar nosso faturamento nos últimos meses.
Nós saímos de um cenário de início de pandemia onde tínhamos caído em faturamento cerca de 30%, hoje estamos conseguindo, em cima da meta, aumentar de 20 a 30%.

– Israel Lisboa, Assessor de Gestão Estratégica na Cabral & Sousa.

Não há fórmulas para o sucesso em meio a ameaças externas, como a crise pandêmica, mas a resiliência e adaptabilidade foram fatores essenciais para a retomada dos resultados positivos na organização, e o grande aliado da empresa são seus próprios dados sendo consolidados e distribuídos da melhor forma. A jornada de BI da Cabral & Sousa mostra que a melhor ferramenta de BI é aquela adaptada as necessidades exclusivas da empresa.

Veja mais

As 10 melhores práticas de Business Intelligence

10 minutos de leitura